Muito tempo sem fazer sexo. E agora?

Não entre em desespero! Primeiramente, é preciso pensar nas...

Não entre em desespero! Primeiramente, é preciso pensar nas razões pelas quais você ficou muito tempo sem fazer sexo: o relacionamento esfriou, o clima está morno, o tesão acabou, o desejo sumiu ou mesmo devido a um trauma, problemas hormonais ou por medo e decepções do passado você preferiu dar um tempo no sexo. Mas, e agora? Depois de tanto tempo, você se pergunta: como retomar a vida sexual? Vou ter dificuldades? Será que não sei mais?
Problemas com a libido toda pessoa pode ter. Algumas sentem mais desejo do que outras. Depois de alguns anos de casamento também (ou mesmo antes), um dos parceiros pode sentir-se frustrado quando as suas necessidades não são tidas em conta. A perda de autoconfiança, a rotina e o cansaço podem colaborar para que o sexo seja ‘deixado de lado’.

Mas, o fato de estar sem fazer sexo há anos não determina que você terá problemas na retomada da sua vida sexual. Da mesma forma que o início da vida sexual de qualquer pessoa dependeu de aprendizado crescente, após um período sem atividade sexual, o prazer pode precisar ser reaprendido.

Deixe os medos e receios de lado e use a criatividade. Não tenha pressa. O erotismo é exclusivo da nossa espécie, e esta energia pode ser sua ‘amiga’, colaborando com a imaginação e contribuindo para uma relação prazerosa. Um bom ponto de partida para essa retomada é você perceber o seu nível de desejo para o contato sexual. Avalie como era a sua disposição para o sexo antes desse período e procure focar nas situações sexuais bem sucedidas vividas no passado. Inspire-se e deixe-se levar para que você possa sentir de novo todo o prazer, a alegria e o bem-estar que o sexo oferece.

O sexo prazeroso provoca uma chuva de hormônios tanto nos homens, como nas mulheres. No final, você perceberá que sexo é igual a andar de bicicleta: uma vez que fazemos e aprendemos, não esquecemos mais!

 



 

 

 

por Margareth dos Reis - Psicóloga e terapeuta sexual